Domingo, 4 de Fevereiro de 2007
" O Cavaleiro da Dinamarca" - Passagem

A Dinamarca fica no Norte da Europa. Ali os Invernos são longos e rigorosos com noites muito compridas e dias curtos, pálidos e gelados. A neve cobre a terra e os telhados, os rios gelam, os pássaros emigram para os países do Sul à procura de sol, as árvores perdem as suas folhas. Só os pinheiros continuam verdes no meio das florestas geladas e despidas. Só eles, com os seus ramos cobertos por finas agulhas duras e brilhantes, parecem vivos no meio do grande silêncio imóvel e branco.
Há muitos anos, há dezenas e centenas de anos, havia em certo lugar da Dinamarca, no extremo Norte do país, perto do mar, uma grande floresta de pinheiros, tílias, abetos e carvalhos. Nessa floresta morava com a sua família um Cavaleiro. Viviam numa casa construída numa clareira rodeada de bétulas. E em frente da porta da casa havia um grande pinheiro que era a árvore mais alta da floresta.
Na Primavera as bétulas cobriam-se de jovens folhas, leves e claras, que estremeciam à menor aragem. Então a neve desaparecia e o degelo soltava as águas do rio que corria ali perto e cuja corrente recomeçava a cantar noite e dia entre as ervas, musgos e pedras. Depois a floresta enchia-se de cogumelos e morangos selvagens. Então os pássaros voltavam do Sul, o chão cobria-se de flores e os esquilos saltavam de árvore em árvore. O ar povoava-se de vozes e de abelhas e a brisa sussurrava nas ramagens.
Nas manhãs de Verão verdes e doiradas, as crianças saíam muito cedo, com um cesto de vime enfiado no braço esquerdo e iam colher flores, morangos, amoras, cogumelos. Teciam grinaldas que poisavam nos cabelos ou que punham a flutuar no rio. E dançavam e cantavam nas relvas finas sob a sombra luminosa e trémula dos carvalhos e das tílias. Passado o Verão o vento de Outubro despia os arvoredos, voltava o Inverno, e de novo a floresta ficava imóvel e muda presa em seus vestidos de neve e gelo.
No entanto, a maior festa do ano, a maior alegria, era no Inverno, no centro do Inverno, na noite comprida e fria do Natal.
Então havia sempre grande azáfama em casa do Cavaleiro. Juntava-se a família e vinham amigos e parentes, criados da casa e servos da floresta. E muitos dias antes já o cozinheiro amassava os bolos de mel e trigo, os criados varriam os corredores, e as escadas e todas as coisas eram lavadas, enceradas e polidas. Em cima das portas eram penduradas grandes coroas de azevinho e tudo ficava enfeitado e brilhante. As crianças corriam agitadas de quarto em quarto, subiam e desciam a correr as escadas, faziam recados, ajudavam nos preparativos. Ou então ficavam caladas e, cismando, olhavam pelas janelas a floresta enorme e pensavam na história maravilhosa dos três reis do Oriente que vinham a caminho do presépio de Belém.
Lá fora havia gelo, vento e neve. Mas em casa do Cavaleiro havia calor e luz, riso e alegria.

Sophia de Mello Breyner Andersen,
O Cavaleiro da Dinamarca

publicado por bio_x às 19:38
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Anónimo a 18 de Março de 2007 às 13:23
Meninos.... e meninas.... parabens!!
Vocês trabalharam imenso, e já no posso mais ouvir falar em sapo challenge..lool
Mesmo que não ganhem voces sao os melhores e sei k se divertiram imenso. A ESAS ta convosco
BJS
De Anónimo a 20 de Novembro de 2007 às 20:18
o que e ista pahhhhh. fodase escrevam como deve ser pahhhhh

Comentar post

.mais sobre mim
.Abril 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
.arquivos
.posts recentes

. Recomeço

. Blog premiado com uma men...

. Recordações e Agradecimen...

. Foto do Grupo - O último ...

. Para nós Sophia é...

. Puzzle

. Entrevista a Maria Angéli...

. Durante a reportagem...

. Reportagem no Jardim Botâ...

. Sophia, na Grécia

. Sophia na TV

. Poema de Sophia sobre um ...

. O Cavaleiro da Dinamarca ...

. Anúncio - Video

. Cartaz | Anúncio Publicit...

. Sugestão de Capa | Lombad...

. BD - A História do Cavale...

. Percurso do Cavaleiro da ...

. Cavaleiro - Qual o signif...

. O Jardim Botânico do Port...

. Entrevista ao Cavaleiro d...

. Reportagem - Sophia no Po...

. TV

. Análise da escrita de Sop...

. Árvore Geneológica de Sop...

. Para Sophia de ...

. Os olhos de sophia

. Entrevista imaginária nº ...

. Logotipo que criámos para...

. O grupo Bio_X... Pequenos...

.Palavras-Chave

. actividade

. análise da escrita de sophia

. anúncio

. anúncio video

. árvore geneológica

. bd cavaleiro

. biografia

. botânico

. capa cav aleiro da dinamarca

. cartaz

. casa onde nasceu sophia

. cavaleiro

. classificação

. cronologia breve sophia mello breyner vi

. dia do mar

. entrevista nº 2

. escrito

. foto do grupo

. grafismo

. grécia

. grego

. grupo bio_x

. historial

. homenagem

. imaginária entrevista

. jardim botânico

. jardim botânico do porto

. joão henrique

. livro escolhido

. mar sonoro

. menção honrosa

. naquele tempo

. opiniões de personalidades

. percurso

. personagens

. poesia

. promessa

. puzzle

. sophia

. sophia de mello

. todas as tags

.pesquisar
 
Novidades
Puzzle
Entrevista
Reportagem
.subscrever feeds